sábado, 21 de maio de 2011

Movimento dos Focolares propõe solução para desigualdade social

Nicole Melhado

Da Redação - Canção Nova


Movimento dos Focolares
O projeto da Ecomomia de Comunhão veio de uma inspiração de Chiara Lubich em sua visitar ao Brasil em 1991
O projeto que busca responder à grave disparidade entre ricos e pobres, inspirado pela fundadora do Movimento dos Focolares, Chiara Lubich, completa 20 anos. E para comemorar será realizada, no dia 29 de maio, a Jornada Internacional da Economia de Comunhão (EdC), no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Entre os temas que serão abordados no encontro estão "Empresários e Empresas no Século XXI", "Pobreza e Desenvolvimento", e "Aspectos Institucionais e Dimensão Cultural da EdC".

Durante a jornada serão apresentadas a carta de identidade da EdC, suas linhas gerais de atuação e o manifesto São Paulo, com o qual a organização deseja dar uma concreta contribuição aos problemas econômicos atuais.

Segundo um dos responsáveis pela EdC no mundo, professor Luigino Bruni, docente nas Universidades Milano-Bicocca e Sophia, na Itália, a jornada pretende ressaltar a prática e as ideias que fundamentam a Economia de Comunhão com o objetivo de abrir novas perspectivas de atuação e de diálogo com experiências afins.

Empresários provenientes de diversos países e de diferentes setores econômicos irão apresentar suas experiências relacionadas a implantação e desenvolvimento dos princípios de Economia de Comunhão.

Entre os palestrantes já confirmados, estão o professor de economia na Universidade de Bolonha, Itália e da The Paul Nitze School of Advanced International Studies, da Johns Hopkins University, Stefano Zamagni, e da socióloga brasileira, professora na Universidade Sophia, Itália, Vera Araújo.

Economia de Comunhão

"Há vinte anos, sua Santidade João Paulo II publicava a sua encíclica Centesimus Annus, enriquecendo notavelmente o repertório da Doutrina Social Cristã. Após ter lido aquele maravilhoso documento, Chiara Lubich, ao visitar o Brasil, se surpreendeu com o contraste que se apresenta na nossa metrópole: arranha-céus circundados pela 'coroa de espinhos' de favelas", conta a responsável pelo Movimento dos Focolares em São Paulo, Glória Duarte.

A secretaria geral de EdC explica que, refletindo sobre essas duas realidades, os empresários brasileiros membros dos Focolares perceberam que o carisma deles poderia dar uma resposta, uma tentativa válida de solução para esse angustiante problema, através do princípio do amor recíproco.

"A tônica, então da proposta que ela fez, é de vivenciar a fraternidade em todos os níveis e nuanças do agir econômico, atuando dentro da economia de mercado, mas apontando o modo cristão de encarar a economia como caminho para a solução das distorções que o agir econômico tende a produzir e desenvolver, no aprofundamento da desigualdade entre as pessoas, os diversos segmentos sociais e os países em diferentes estágios de desenvolvimento", explica o responsável dos Focolares em São Paulo, Alan Correia.

Os interessados em participar da Jornada Internacional da Economia de Comunhão já podem se inscrever no site oficial da EdC no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário