quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Jornada Mundial da Juventude

ESTUDANTE DA UNIRR SERÁ COORDENADOR DE JORNALISMO EM COBERTURA INTERNACIONAL

Assim que completou o Curso Livre e Inclusivo Comunicador Integral, da Unirr, no final de novembro de 2012, o jornalista Marcos Beltramin foi convidado pela Rede Católica de Rádio, RCR, a assumir a coordenação, de 23 a 28 de julho, do departamento jornalístico de toda a rede via satélite, durante a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, que reunirá participantes de todos os continentes na capital fluminense.  

Na próxima sexta-feira, Marcos terá reunião na Rádio Catedral, no Rio de Janeiro, para iniciar o planejamento da cobertura, com apoio da equipe de jornalismo da emissora carioca.

“O curso Comunicador Integral da Unirr teve importante papel em mais essa conquista, pois nos dá uma visão geral dos processos de produção no rádio e dos critérios que devem ser usados para identificar a relevância jornalística de um fato divulgado. No curso, ao estudar pela primeira vez com estudantes com e sem deficiência, pude também aumentar minha experiência e sentir o quanto é positiva a convivência da diversidade humana nas redações das emissoras e na cobertura em ruas, praças, eventos, etc”, conta Marcos Beltramin.

Marcos já atuava como assessor de imprensa da RCR e como correspondente em São Paulo da Rede Sul de Rádio, com sede em Caxias do Sul.
 
Segundo seus dirigentes, a filosofia da Rede Católica de Rádio via satélite é contribuir para a educação, cultura e cidadania, tendo em vista o bem comum. A RCR, maior rede católica de rádio do Brasil, faz intercâmbio de experiências bem sucedidas e auxilia as emissoras com cursos e treinamentos nas áreas de gestão e comercialização, entre outras. “São mais de 200 emissoras unidas na comunhão da Igreja para transformar a sociedade”, completa Marcos Beltramin.

A Jornada Mundial da Juventude teve origem em grandes encontros com os jovens celebrados pelo papa João Paulo II, em Roma. No Encontro Internacional da Juventude, em 1984, o papa João Paulo II entregou aos jovens a Cruz que se tornaria um dos principais símbolos da JMJ, conhecida como a Cruz da Jornada. 

“O objetivo principal do evento é dar a conhecer a todos os jovens do mundo a mensagem de Cristo, mas é verdade também que, através deles, o ‘rosto’ jovem de Cristo se mostra ao mundo”, comenta o jornalista.

Na foto, Marcos Beltramin, no momento da gravação do noticiário do programa do programa de rádio Papo que Inclui, produzido pelos estudantes da turma da noite do Curso Livre e Inclusivo Comunicador Integral da Unirr.  O programa está disponível no ambiente 'portfólio de estudantes' do site www.unirr.org.br .  

Para outras notícias da Unirr, acesse também www.facebook.com/unirrong .
ESTUDANTE DA UNIRR SERÁ COORDENADOR DE JORNALISMO EM COBERTURA INTERNACIONAL

Assim que completou o Curso Livre e Inclusivo Comunicador Integral, da Unirr, no final de novembro de 2012, o jornalista Marcos Beltramin foi convidado pela Rede Católica de Rádio, RCR, a assumir a coordenação, de 23 a 28 de julho, do departamento jornalístico de toda a rede via satélite, durante a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, que reunirá participantes de todos os continentes na capital fluminense.

Na próxima sexta-feira, Marcos terá reunião na Rádio Catedral, no Rio de Janeiro, para iniciar o planejamento da cobertura, com apoio da equipe de jornalismo da emissora carioca.

“O curso Comunicador Integral da Unirr teve importante papel em mais essa conquista, pois nos dá uma visão geral dos processos de produção no rádio e dos critérios que devem ser usados para identificar a relevância jornalística de um fato divulgado. No curso, ao estudar pela primeira vez com estudantes com e sem deficiência, pude também aumentar minha experiência e sentir o quanto é positiva a convivência da diversidade humana nas redações das emissoras e na cobertura em ruas, praças, eventos, etc”, conta Marcos Beltramin.

Marcos já atuava como assessor de imprensa da RCR e como correspondente em São Paulo da Rede Sul de Rádio, com sede em Caxias do Sul.

Segundo seus dirigentes, a filosofia da Rede Católica de Rádio via satélite é contribuir para a educação, cultura e cidadania, tendo em vista o bem comum. A RCR, maior rede católica de rádio do Brasil, faz intercâmbio de experiências bem sucedidas e auxilia as emissoras com cursos e treinamentos nas áreas de gestão e comercialização, entre outras. “São mais de 200 emissoras unidas na comunhão da Igreja para transformar a sociedade”, completa Marcos Beltramin.

A Jornada Mundial da Juventude teve origem em grandes encontros com os jovens celebrados pelo papa João Paulo II, em Roma. No Encontro Internacional da Juventude, em 1984, o papa João Paulo II entregou aos jovens a Cruz que se tornaria um dos principais símbolos da JMJ, conhecida como a Cruz da Jornada.

“O objetivo principal do evento é dar a conhecer a todos os jovens do mundo a mensagem de Cristo, mas é verdade também que, através deles, o ‘rosto’ jovem de Cristo se mostra ao mundo”, comenta o jornalista.

Na foto, Marcos Beltramin, no momento da gravação do noticiário do programa do programa de rádio Papo que Inclui, produzido pelos estudantes da turma da noite do Curso Livre e Inclusivo Comunicador Integral da Unirr. O programa está disponível no ambiente 'portfólio de estudantes' do site www.unirr.org.br .

Para outras notícias da Unirr, acesse também www.facebook.com/unirrong .

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Congresso dos Focolares pretende discutir Direito e Fratenidade

O Movimento dos Focolares realiza entre os dias 25 e 27 deste mês, o II Congresso Nacional de Direito e Fraternidade, com o tema “O Princípio da fraternidade no Direito: instrumento de transformação social”. O evento pretende reunir professores, alunos, personalidades da magistratura, advogados, promotores de Justiça e todos os operadores do Direito.
O objetivo do encontro é discutir e aprofundar a proposta de colocar em prática o “Princípio da fraternidade no Direito” como “instrumento de transformação social”.
A iniciativa tem o apoio do Tribunal de Justiça de São Paulo, Ministério Público do Estado de São Paulo, Associação Paulista do Ministério Público, Comissão Justiça e Paz, Ordem dos Advogados do Brasil/SP e outras instituições ligadas ao Direito.

De acordo com o procurador da Justiça do Ministério Publico de São Paulo e Coordenador nacional de “Direito e Fraternidade”, Munir Cury, o Direito necessita passar por uma transformação que seja compatível às realidades de violência e corrupção no país.
“Diante à crescente onde de violência, do fenômeno da corrupção, de muitos conflitos sociais, está surgindo, não somente no Brasil, a necessidade de um novo enfoque, de uma transformação do direito. Não poucos são os sinais que já se apresentam”, afirmou.

O que é Direito e Fraternidade?
É uma rede que reúne estudiosos e profissionais de diferentes áreas do Direito dos diversos Estados Brasileiro. Faz parte da rede internacional "Comunione e Diritto”. Tem em comum o compromisso de aplicar a categoria da fraternidade para desenvolver e disseminar uma nova cultura jurídica. Promove e apoia as mais diversas iniciativas baseadas no relacionamento fraterno entre operadores do Direito e entre mundos jurídico e sociedade civil. Dá suporte à formação das consciências.

O grupo nasceu em 2001 como resultado de uma intuição de Chiara Lubich (1920-2008), fundadora do Movimento dos Focolares, Prêmio UNESCO Educação para a Paz 1996, que deu inicio ao desenvolvimento da “cultura da unidade” e da fraternidade universal nos mais diversos âmbitos de conhecimento, do direito à política (Movimento político para unidade), da economia (Economia de Comunhão) à comunicação, saúde, pedagogia, ecologia, arte.

O Movimento dos Focolares
Nasceu no âmbito do cristianismo em Trento, na Itália, em 1943. Tem como objetivo contribuir a unidade da família humana na fraternidade universal. Atualmente está difundido em 180 nações e com mais de dois milhões de pessoas de diferentes religiões, de várias categorias sociais e idade. Reconhecimentos à Chiara Lubich: Congresso Nacional em Brasília (07.12.2012) - Ordem do Cruzeiro do Sul, do Presidente da República Fernando Henrique Cardoso – 1998 - Prêmio Conselho da Europa Direitos Humanos 1998 - Prêmio Unesco Educação para a Paz 1996.
O II Congresso Nacional Direito e Fraternidade acontece nos dias 25, 26 e 27 de JANEIRO de 2013, no Centro Mariápolis Ginetta - Vargem Grande Paulista (SP). Para obter mais informações, acesse: www.direitoefraternidade.blogspot.com.br ou www.focolares.org.br.